Como escovar os dentes do seu cachorro

1
3595

Escovar os dentes do cachorro é uma etapa importante dos cuidados com o animal. Manter o hálito dele fresco já é um bom motivo para tomar essa medida regularmente. Dentes limpos também podem ajudar a melhorar a saúde, o bem-estar e a longevidade do seu amigo canino. As placas e o tártaro não colaboram apenas para o mau hálito: elas também podem ser responsáveis pela perda de dentes e a higiene bucal precária ainda pode gerar riscos para a vida do cão ao causar infecções dolorosas. Essas infecções podem prejudicar os rins, o coração e o fígado. Com uma escovação regular, você pode melhorar a qualidade de vida do cão, o que é também bom para você.

Parte 1: preparando-se para escovar os dentes do cão

Compre uma escova de dentes para cachorros

Há uma grande variedade de escovas de dentes feitas especialmente para cães. Elas estão disponíveis em qualquer pet shop.

  • A escova de dentes para cachorros tem cerdas mais macias e um formato apropriado para facilitar o acesso nos lugares mais difíceis.
  • Escolha a escova de acordo com o tamanho do cachorro. É possível usar escovas maiores para animais maiores, mas os pequenos precisam de uma escova que caiba na boca deles.
  • Existem ainda escovas que podem ser encaixadas nas pontas dos dedos e fornecem mais precisão. Porém, elas também aumentam a probabilidade de mordidas acidentais nos dedos.
  • Não use escovas de pessoas adultas nos dentes do cão. Se for necessário, use uma escova infantil macia.
  • Outras opções que podem ser experimentadas em cães que se negam a escovar os dentes são almofadas e esponjas feitas especialmente para isso.

Escolha uma pasta de dente para cães

Assim como as escovas, existem diversas marcas de pasta de dente para cachorros. Não use creme dental de seres humanos na escovação do animal.

  • O creme dental feito para pessoas contém flúor e alguns outros ingredientes que podem ser tóxicos para cães. Nós não engolimos pasta de dente na escovação, mas muitos cães engolem, o que pode provocar vômitos e possíveis danos aos rins.
  • A pasta de dentes canina está disponível em sabores diferentes e facilita a escovação, tornando-a um momento prazeroso para o cão.
  • Você talvez precise experimentar diversos sabores até encontrar um que seja melhor para o seu cachorro.

Comece com o hábito quando o cão ainda for novo

O momento ideal para começar a escovar os dentes de seu bicho de estimação é quando ele ainda for um filhote. É possível começar quando ele tiver oito semanas.

  • Começar cedo ajuda o cão a se acostumar com o objeto e a escovação.
  • No entanto, essa atitude não faz muita diferença para a higiene bucal do cão no geral, pois o animal ainda não tem dentes permanentes até o sexto ou sétimo mês de vida.

Escolha um bom momento para escovar

O momento em que o dono escova os dentes do cão tem um grande impacto no sucesso da tarefa. Experimente fazer isso quando ele estiver calmo e relaxado.

  • Um bom momento para tentar é após o cão ter se exercitado ou brincado. Com sorte, ele vai estar cansado e menos propenso a resistir.

Parte 2: escovando os dentes do cachorro

Acostume o cão à sua mão dentro da boca dele

Na primeira vez que você for escovar os dentes do cachorro, vá devagar para que ele se acostume aos poucos com a sua mão entrando e saindo da boca. De vez em quando, toque a boca e o focinho do cachorro com os dedos.

  • Pode levar algum tempo para ele se acostumar com o seu toque nessa região.

Deixe o cão lamber um pouco de pasta de dente no seu dedo

Comece o processo permitindo que ele lamba uma pequena quantidade de pasta do seu dedo para descobrir se ele gosta do sabor. Desse modo, ele também pode se acostumar com o paladar, o que aumenta a probabilidade de que ele aceite a pasta quando ela estiver na escova de dentes.

  • Depois que o cão lamber o creme dental, esfregue os dedos nos dentes e na gengiva do animal afastando os lábios dele. Esse é o mesmo movimento que você deve fazer para escovar os dentes do cachorro e ele ajuda na transição para o uso da escova.

Mostre a escova para o cachorro

Em seguida, mostre a escova de dentes e deixe que ele inspecione o item antes de colocá-lo na boca.

  • Você também pode deixá-lo lamber um pouco de pasta na escova. Elogie o cão por esse comportamento, pois assim fica mais fácil para ele se acostumar com a escova perto da boca.

Escove alguns dentes

Usando ou não pasta de dentes, escove delicadamente um ou mais dentes de mais fácil alcance. Os caninos são os dentes mais longos e costumam ser mais fáceis de alcançar.

  • Levante o lábio superior de cão com cuidado e coloque a escova nos dentes. Em seguida, escove-os devagar com um movimento de vai e vem.
  • Essa medida ajuda o cão a acostumar-se com a nova sensação da escova nos dentes e gengivas e também permite que você note como ele reage.
  • Alguns cães são receptivos à escovação, mas outros relutam ou agem com agressividade, portanto tenha cuidado. O ideal é fazer isso quando um amigo ou membro da família estiver por perto para acalmar o animal.
  • Falar com uma voz tranquila e suave também pode ajudar a mantê-lo calmo. Se ele continuar a resistir ou ficar agressivo, faça uma pausa e tente de novo mais tarde ou em outro dia. Se esse comportamento continuar, leve-o ao veterinário ou fale com um especialista em comportamento animal para receber instruções para a próxima tentativa.
  • Depois de escovar alguns dentes, recompense o cão com alguns petiscos e encerre a sessão.

Escove o lado de fora dos dentes do cachorro

Assim que ele se familiarizar com o sabor da pasta e com a escova de dentes, está na hora de usar as duas juntas. Coloque uma pequena quantia de pasta na escova e, lenta e delicadamente, comece a escovar o mesmo lugar de antes. Depois, vá movendo a escova devagar pela superfície externa dos dentes superiores e inferiores.

  • Escove um número maior de dentes a cada tentativa até que ele fique à vontade com a escovação de toda a boca.
  • Tente escovar todos os dentes na altura da gengiva, o que permite que o cão se acostume com esse hábito de higiene sem que você precise ficar tentando abrir a boca dele.
  • Limite o tempo de escovação para poucos minutos ao dia. Pode levar algumas sessões até que o cachorro comece a se habituar ao processo.
  • Durante todo o processo, elogie-o com uma voz tranquila durante a escovação.

Escove o lado interno dos dentes

Assim que você for capaz de escovar o lado de fora de todos os dentes em uma única sessão, já é hora de tentar escová-los por dentro.

  • Ponha uma das mãos em cima do focinho, levantando o lábio superior e abrindo a boca do cão. Se ele relutar para abrir a boca, aplique uma pressão suave para dentro para ajudar.
  • Assim que a boca estiver aberta, escove uma pequena área da superfície interna dos dentes. Como sempre, vá devagar, escovando pequenas partes para começar. Vá aumentado a área conforme o cachorro ficar mais acostumado com a escova.
  • A língua do cachorro ajuda naturalmente a controlar o acúmulo de tártaro nas superfícies dos dentes. Porém, a escovação faz toda a diferença.

Transforme isso em uma rotina

Quanto mais vezes você escovar os dentes do cachorro, mais ele vai se acostumar com as mãos dentro da boca, o que torna a escovação uma tarefa mais fácil com o tempo.

  • Escovar os dentes do animal todos os dias é o ideal. Essa medida ajuda a prevenir doenças periodontais que podem causar dor e infecções perigosas.
  • Se o cachorro perder dentes, der sinais de sensibilidade na gengiva ou tiver sangramento bucal, consulte um veterinário antes de continuar com a rotina de escovação.
  • Comece aos poucos até conseguir fazer uma escovação diária. Se você não puder escovar os dentes do cão todos os dias, tente fazer isso o máximo de vezes possível.

Dicas

  • Se você gritar com o cão, ele vai associar a escovação com algo negativo. Seja gentil e calmo.
  • Não é preciso enxaguar a boca do cachorro depois de escovar os dentes. Várias pastas de dentes contêm enzimas que desaceleram a formação de placa e tem uma ação melhor com o contato prolongado com os dentes.
  • Se o bicho de estimação não deixar que você escove os dentes dele, é melhor levá-lo ao veterinário.
  • Assim como qualquer outra atividade que necessite de treino, é possível usar petiscos e dar uma atenção adicional como recompensa a cada passo bem-sucedido no processo. Assim, a experiência fica mais positiva e o cachorro é incentivado a cooperar. Prefira petiscos duros, que ajudem a combater a formação de placas.
  • Os cães pequenos e aqueles que tiverem focinho curto, como o Shih Tzu e o Bulldog, podem se beneficiar com escovações mais frequentes. O ideal é pelo menos uma ou duas vezes por dia, pois os dentes desses cães são muito próximos e encavalados por conta do espaço menor, o que facilita a formação de placa bacteriana e tártaro.

em um próximo post falaremos sobre aqueles cãezinhos que dão trabalho na escovação e em que momento é o ideal para se fazer uma limpeza de tártaro profissional.

Até lá.

  • Wiliam Paes

    Pode-se usar pasta de dente infantil sem flúor, vende em qualquer supermercado, não usar força pois pode estimular a retração gengival.