Alimentos proibidos para cães e gatos

0
1290

Quem é louco por animais faz o que pode para inserir o bicho de estimação em tudo o que faz na vida. Essa convivência é uma delícia mesmo, mas é preciso tomar bastante cuidado quando o assunto é a alimentação dos pets.

O fato é que eles são pidões mesmo. Quem nunca teve que enfrentar aquele olhar doído de cortar o coração enquanto estava comendo alguma coisa? Mas é preciso ser forte. Precisamos lembrar que nem tudo o que faz bem para a gente é bom para eles também.

É preciso ser forte. Precisamos lembrar que nem tudo o que faz bem para a gente é bom para eles também

Assim como os seres humanos, cachorros e gatos também precisam ter uma dieta balanceada, equilibrada e adequada a seu estilo de vida, raça e peso.

É claro que um petisco ou outro, muito de vez em quando, não faz mal e aproxima o dono do animal de estimação. Entretanto, é preciso atentar que existem diversos alimentos que podem fazer muito mal para gatos e cachorros, que possuem um sistema digestivo diferente do nosso.

Confira agora uma lista de alimentos que não podem ser dados para seu pet

1. Leite e derivados

Boa parte dos gatos e cachorros tem intolerância à lactose. Convém evitar.

2. Chocolate

Um dos nossos alimentos favoritos é um dos principais perigos tanto para cachorros quanto para gatos. A teobromina, substância presente em todos os tipos de chocolate, é extremamente tóxica para eles.

3. Bebidas alcoólicas

Bebidas alcólicas provocam vômitos, diarreia e alterações no sistema nervoso central. Além disso, o álcool pode levar seu gato ou cachorro até a um coma ou morte.

4. Sobras de carne e ossos

A gordura, cozida ou crua, pode causar vômito e diarreia nos gatos e inflamações no pâncreas dos cães, enquanto os ossos podem acabar perfurando algum órgão do sistema digestivo, especialmente nos gatos e cachorros pequenos.

5. Uva (naturais ou passas)

Devem ser evitadas mesmo em pequenas quantidades tanto para os cães quanto para os gatos. Causam vômitos e, no longo prazo, podem provocar lesões renais.

6. Abacate

A fruta possui uma toxina conhecida como persina, que surte efeitos negativos sobre o sistema digestivo e cardíaco de gatos e cachorros.

7. Caqui, pêssego, ameixa e maçã

O grande problema dessas frutas são suas sementes e caroços. As sementes do caqui, por exemplo, podem causar inflamação no intestino dos cães, enquanto o caroço da ameixa possui cianeto, uma substância venenosa para seres humanos e animais. Além disso, as sementes podem causar algum tipo de obstrução intestinal nos bichinhos.

8. Tomate

A solanina presente no tomate pode ser fatal para o gato, mesmo quando ingerida em pequenas quantidades.

9. Nozes de macadâmia

Não podem, sob hipótese alguma, ser ingeridas pelos cachorros, por prejudicarem o sistema nervoso e muscular e causarem aumento na temperatura do corpo, tremores, fraqueza e vômitos. Além disso, a ingestão pode causar cálculos renais e vesicais (de bexiga).

10. Doces em geral

Por possuírem o xilitol, substância que aumenta a insulina no corpo do cachorro ou gato, podem levar à insuficiência dos rins. E mais: açúcar em excesso pode provocar vômitos e convulsões.

11. Salgadinhos e batatas fritas

O sal além da conta é um vilão não somente para os humanos, mas também para os gatos e cachorros. Comer muito sal pode provocar sede excessiva, vômitos e intoxicação por íons do sódio.

12. Café

Qualquer alimento que contenha cafeína pode fazer muito mal para o seu gato. A intoxicação com essa substância pode causar diversos sintomas, como agitação, convulsões, respiração ofegante e palpitações cardíacas.

13. Cebola e alho

são um tempero saborosíssimo para humanos, mas podem fazer muito mal para o seu cachorro ou gato. Quando ingeridos em grandes quantidades, crus ou cozidos, podem provocar anemia.